Ainda hoje, um número significativo da corrente tradicional de egiptólogos, antropólogos, historiadores e cineastas de Hollywood continuam a negar o papel dos povos africanos na primeira e maior civilização da humanidade no Egito antigo. Este branqueamento da história afeta negativamente negros e nossa imagem do mundo. Resta a necessidade vital de corrigir a desinformação das nossas realizações na antiguidade.

Cheikh Anta Diop (1923-1986) dedicou sua vida a visões eurocêntricas e “árabe-centricas” cientificamente desafiadoras da cultura Africana pré-colonial, especificamente aquelas que sugeriram que a antiga civilização do Egito não teve suas origens na África Negra.

Já que algumas pessoas continuam a ignorar as esmagadoras evidências que indicam que o Egito antigo foi construído, governado e habitado por povos africanos de pele escura,  oAtlanta Blackstar (e a Preta&Gorda) vai destacar dez dos meios utilizados por Diop para provar os que antigos egípcios eram negros.

Continuar lendo “10 argumentos que provam que os antigos egípcios eram negros”